Verbetes

Palavra Chave
A-Z
Termo a ser pesquisado:      
Buscar apenas no título dos verbetes       Buscar em todo o dicionário
Letra inicial:
RESULTADOS
Exibindo todos os termos

Total encontrado: 362

  • RIBEIRO, Antônio. Ativo em Salvador na segunda metade do século XVII Ofício: Pintor. Período de atividade documentada: 1698. Obras documentadas: 1 – Senado da Câmara da Cidade do Salvador . 09/Jan./1698: Recebeu 6$000 por ter pintado as varas dos Oficiais da Câmara. (OTT, Carlos. Antônio Ribeiro. Ficha avulsa datilografada. Salvador: Centro de Estudos Baianos/UFBA. 01… Ler mais »

  • BRAGA, Antônio Rodrigues. Ofício: Pintor. Período de atividade documentada: 1705, 1719-1720, 1733, 1738.   Dados biográficos: Sem indicação de suas origens, apareceu como pintor acreditado, na Bahia, em 1700, quando ajustou com os religiosos do Convento de São Francisco do Paraguaçu o douramento do retábulo e a pintura e o douramento do arco e teto… Ler mais »

  • Santa Casa da Misericórdia da Bahia – Pupileira – Centro de Memória. Livro 5 de Termo de Admissão de Irmãos. Fo. 51v.

    MENDES, Antônio Rodrigues *Freguesia de S. Salvador, Termo dos Arcos de Val de Vez, Bispado de Braga, Portugal, séc. XVIII – †Salvador-BA 18/06/1792 Ofício: Entalhador. Período de atividade documentada: 1774 – 1792. Assinaturas: Dados Biográficos: Filho de Simão Rodrigues e Maria Mendes, o entalhador português se casou com a baiana Juliana Maria da Assunção filha… Ler mais »

  • Livro 3º de Termos da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, fl. 85. Fotografia: Ana Cristina Nascimento Cardoso

    SOARES, Antônio Rodrigues. Ofício: Serralheiro. Assinatura:   Dados Biográficos: Filho de Antônio Rodrigues da Costa e Domingas Vieira, casado com Antônia Soares, foi admitido na Irmandade da Santa Casa em 1702, declarando-se serralheiro. (ALVES, 1976, p.174).  

  • Artista multimídia da cidade de Cachoeira, BA. Autodidata como artista plástico, com produção figurativista e abstracionista. Tem formação em Cinema e Audiovisual e interessante produção de documentários sobre artistas da sua cidade que lhe são contemporâneos.

  • Arte Popular na Bahia O que define o caráter “popular” de uma obra de arte não é, como o senso comum acredita, o seu consumo por um grande número de espectadores, mas o que deve ser levado em conta são as três etapas que constituem o processo artístico. O que revela, segundo o antropólogo Néstor… Ler mais »

  • IMG_8

    Ayrson Heráclito é artista visual e curador, doutorando em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É professor do curso de Artes Visuais do Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB. Suas obras transitam pela instalação, performance, fotografia e audiovisual, lidando com frequência com elementos da cultura afro-brasileira, muitas delas, premiadas e vistas em individuais na Bahia e em festivais e bienais internacionais. Nos seus trabalhos encontramos dendê, referências à vida no Brasil colônia, à carne de charque, ao açúcar, ao peixe, esperma, sangue, corpo, dor, arrebatamentos, apartheids e sonhos de liberdade. Recentemente foi premiado pelo Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil com residência artística na Raw Material, em Dakar, Senegal.

  • CARVALHO, Balduíno Vitorino de. Ofício: entalhador. Período de atividade: 1869, 1870. Obras documentadas: 1. Ordem Terceira de Nossa Senhora do Monte do Carmo • 24/12/1869: fatura de 12 arandelas para castiçais, sendo as grandes a 640 réis e as menores a 560 réis – 7$040 rs. (OTT,Carlos. Balduino Victorino de Carvalho. Fichas avulsas datilografadas. Salvador:… Ler mais »

  • SILVA, Baltazar dos Reis *Bahia, séc. XVIII – † Salvador, BA, 2/4/1799 Ofício: Entalhador Período de atividade documentada: 1758 – 1780.   Dados Biográficos: Filho de José da Cruz Silva e Antônia da Silva, nasceu na Bahia no século XVIII e faleceu em Salvador no dia 2 de abril de 1799. Fez parte da Ordem… Ler mais »

  • MOTA, Bartolomeu da. Ofício: Pedreiro. Período de atividade documentada: 1630. Obras documentadas: 1 – Câmara da Cidade do Salvador . 08/mai/1630: Arrematou, por Rs.14$500, a obra dos telhados da Cadeia e da Câmara, e do corredor ladrilhado. (ALVES,1976, p.118).          

D536

Dicionário Manuel Querino de arte na Bahia / Org. Luiz Alberto Ribeiro Freire, Maria Hermínia Oliveira Hernandez. – Salvador: EBA-UFBA, CAHL-UFRB, 2014.

Acesso através de http: www.dicionario.belasartes.ufba.br
ISBN 978-85-8292-018-3

1. Artes – dicionário. 2. Manuel Querino. I. Freire, Luiz Alberto Ribeiro. II. Hernandez, Maria Hermínia Olivera. III. Universidade Federal da Bahia. III. Título

CDU 7.046.3(038)